Províncias

Jovens no Uíge doaram sangue

António Capitão | Uíge

Um grupo de cerca de 100 jovens residentes na cidade do Uíge e em Luanda doou perto de 50 litros de sangue à secção de hemoterapia do Hospital Geral do Uíge (HGU), com vista a minimizar a carência do produto na maior unidade hospitalar da província.

O organizador da actividade solidária e mobilizador dos fazedores de moda, Isaac Bige, disse que a acção teve como objectivo ajudar o HGU a manter reservas de sangue na sua secção de hemoterapia durante a quadra festiva, período em que há maior ocorrência de acidentes, cujos feridos são, obrigatoriamente, submetidos a intervenções cirúrgicas.
“Partindo do princípio de que o ‘sangue é vida’ e porque muitas pacientes dependem deste produto para sobreviver, nos mobilizámos para garantir que o hospital tivesse reservas suficientes para dar resposta aos casos de  transfusões”, salientou.
Pedro Kiala, que também foi um dos dadores, valorizou a acção, esclarecendo que a ideia surge em resposta dos constantes apelos das autoridades sanitárias. Referiu que foram mobilizados mais de 100 jovens que se mostraram disponíveis a dar sangue para salvar vidas, um gesto que demonstra o carinho e o amor ao próximo.
A chefe da secção de hemoterapia do Hospital Geral do Uíge, Helena Matondo, agradeceu o gesto, realçando que as quantidades de sangue doadas vão permitir que o sector consiga dar resposta oportuna na disponibilização do produto para as necessidades de outras dependências desta unidade sanitária, com realce para ortopedia, maternidade e pediatria.
“Espero que este gesto se repita mais vezes e que não sejam apenas as igrejas e os militantes da JMPLA a doarem constantemente sangue. Estamos abertos a outras associações juvenis e  entidades filantrópicas para se juntarem a esta causa, dando sangue para salvar vidas”, apelou.

Tempo

Multimédia