Províncias

Lar de crianças no Uíge recebe diversas prendas

José Bule|Uíge

A empresa alemã Gauff ofereceu, na quarta-feira, produtos alimentares e material desportivo ao Lar São José, no Uíge, que acolhe crianças acusadas de feitiçaria.

A empresa alemã Gauff ofereceu, na quarta-feira, produtos alimentares e material desportivo ao Lar São José, no Uíge, que acolhe crianças acusadas de feitiçaria.
O “cabaz de Natal” era composto, entre outros géneros, por óleo e massa alimentar, feijão, refrigerantes, leite, arroz, azeite doce e conservas.
O representante da Gauff no Uíge disse que o objectivo da iniciativa foi “proporcionar um Natal melhor às crianças” e que era bom que outras instituições fizessem o mesmo.
Fernando Sampaio afirmou que a Gauff gasta, anualmente, no Uíge, no apoio ao Lar São José, cerca de 24 mil euros.
Nos próximos dias, anunciou, a empresa inicia obras de ampliação do lar, no valor de mais de 400 mil dólares, construindo salas de jogos e para cursos de formação profissional, um campo multiuso e dormitórios.
O Lar São José acolhe 15 crianças, com idades entre os 10 e os 16 anos. A Gauff é uma multinacional alemã que actua em Angola nas áreas de fiscalização e consultadoria de projectos de estradas, pontes e águas.

Tempo

Multimédia