Províncias

Mais enfermeiros são necessários

Pelo menos 20 novos enfermeiros são necessários para assegurar o atendimento condigno de pacientes que ocorrem ao Centro de Saúde de Quimaria, segundo o chefe da unidade sanitária.

Mbala Nsiansoki disse que o centro, com 12 camas, dispõe de  serviços de banco de urgência, maternidade, área para consulta pré-natal, puericultura, sala de partos, Programa Alargado de Vacinação, laboratório de análises, farmácia e é assegurado por apenas dois técnicos.
A comuna, com 16 aldeias e  mais de seis mil habitantes, possui três unidades sanitárias, sendo um centro na sede da comuna, um posto médico na localidade de Mabaya e outro no Quizele. “Estas unidades não são suficientes. O centro comunal atende diariamente mais de 40 doentes com diversas patologias, na sua maioria provenientes das localidades onde não existem postos de saúde e outros vêm do Nzeto, província do Zaire”, disse o técnico de saúde.
Mbala Nsiansoki frisou que a insuficiência de técnicos de saúde não é tudo. “São também necessários dois novos postos de saúde, nas regedorias com maior densidade populacional, sobretudo na aldeia Nsumba, para reduzir a taxa de mortalidade, devido à longa distância que separa a localidade da sede comunal.”  O administrador de Quimaria, São Silvestre de Lucas, confirmou que o sector da Saúde na comuna enfrenta dificuldades e necessita de uma intervenção urgente. “Reconhecemos a insuficiência de técnicos de saúde e a inexistência de médicos a nível da comuna, mas a administração tudo está a fazer para se inverter o quadro”.

Tempo

Multimédia