Províncias

Melhoradas condições de ensino no Cacuiuia

Valter Gomes | Uíge

Pelo menos 1.080 alunos, da iniciação a 9ª classe, que estudavam debaixo de árvores e em salas improvisadas, no bairro Cacuiuia, periferia da cidade do Uíge, têm desde segunda-feira instalações escolares novas.

Pelo menos 1.080 alunos, da iniciação a 9ª classe, que estudavam debaixo de árvores e em salas improvisadas, no bairro Cacuiuia, periferia da cidade do Uíge, têm desde segunda-feira instalações escolares novas. O edifício, com 12 salas, foi construído de raiz, e está devidamente apetrechado com carteiras, quadros, secretárias e outro mobiliário, além de gabinete para o director, secretaria e balneários.
No espaço onde foi erguido o novo edifício, funcionam igualmente as seis salas antigas que estavam superlotadas pelo excesso de alunos nas turmas. Com a nova estrutura, a escola passa a ter, no total, 18 salas disponíveis para os alunos do ensino primário e do I ciclo do ensino secundário.
Numa mensagem lida pela pequena Serafina Morais, matriculada na nova escola do Cacuiuia, os alunos expressaram a sua satisfação pelas condições de acomodação postas à sua disposição e garantiram ajudar os adultos a cuidar bem do património público.
O governador provincial do Uíge, Paulo Pombolo, que procedeu à inauguração da nova escola, acompanhado pelo vice-presidente do MPLA, Roberto de Almeida, adiantou que, nos próximos dias, também vai ser aumentada a capacidade das primeiras seis salas de aulas existentes no local.

Tempo

Multimédia