Províncias

Milhares de jovens no Uíge formados em artes e ofícios

Nicodemos Paulo | Uíge

O Centro de Formação Profissional 1º de Maio, localizado na cidade do Uíge, formou, desde 2006, mais de três mil jovens em várias especialidades.

Cursos de serralharia e de electricidade constam entre os mais procurados pelos jovens
Fotografia: Mavitidi Mulaza

O director-geral do centro, Alexandre Nicolau, assegurou que os mais de três mil jovens foram formados nas especialidades de Carpintaria, Serralharia, Canalização, Construção Civil, Electricidade e Corte e Costura.
O centro, que forma anualmente mais de 400 profissionais, foi fundado há sete anos para ministrar cursos técnico-profissionais para jovens com, no mínimo, a 8ª classe concluída. Nos últimos três anos foram abertos nos municípios do Songo, Damba, Milunga, Negage, Dange Quitexe e Sanza Pombo pólos de formação profissional.
Durante este ano, a instituição formou mais de 180 jovens, nas especialidades de Informática, Gastronomia, Economia Doméstica e Carpintaria, além de técnicos de Serralharia, Canalização, Construção Civil, Electricidade, Corte e Costura e Mecânica-Auto.
A maior parte das empresas de construção civil  são suportadas por técnicos que passaram pelo centro.

Tempo

Multimédia