Províncias

Mulheres expõem produtos na feira

Valter Gomes | Uíge

Produtos agrícolas e plantas medicinais estão expostos desde o início de Outubro e até ao final domês, na feira agro-pecuária do Culo, na província do Uíge, no âmbito das Jornadas da Mulher Rural.

Na feira estão a ser comercializados produtos como mandioca, ginguba, feijão, milho, banana, batata, bombô, abacate, café, cebola, abacaxi e mamão.
 Também estão expostas plantas e raízes medicinais usadas para o tratamento de várias doenças. Uma cooperativa de corte e costura mostra obras confeccionadas.Utensílios domésticos, como moringas, cestos e panelas de barro feitos pelas mulheres oleiras da localidade também podem ser encontrados na exposição, que representa o quotidiano das mulheres rurais, como sublinhou a directora da Família e Promoção da Mulher no Uíge, Catarina Pedro Domingos, na abertura do certame.
Para garantir a participação da mulher no desenvolvimento rural e no programa de combate à fome e à pobreza, o Decreto Presidencial nº 138/2012, aprovou o Programa Nacional de Apoio à Mulher Rural. A directora da Família e Promoção da Mulher aproveitou a ocasião para condenar os actos de violência que ainda se registam em diversas comunidades que aumentam o índice da desestruturação das famílias, resultando sobretudo em lesões, abandono de crianças e fuga à paternidade que afectam a harmonia social.
Na abertura da feira agro-pecuária que decorre sob o lema “Promover a mulher rural, a solidariedade social e o desenvolvimento comunitário”, a Direcção Provincial da Família e Promoção da Mulher distribuiu bens alimentares, roupa usada e detergentes às mulheres do Culo, que conta com uma população de 7.820 habitantes, dos quais 1.820 mulheres directamente ligadas à actividade agrícola.

Tempo

Multimédia