Províncias

Novo hospital em Maquela do Zombo

Joaquim Júnior | Maquela do Zombo

O chefe da repartição municipal da Saúde em Maquela do Zombo, Sobrado Canga, anunciou a construção de um hospital de referência para melhorar os serviços de assistência sanitária e evitar a deslocação dos doentes à República Democrática do Congo, em busca de tratamento médico.

O chefe da repartição municipal da Saúde em Maquela do Zombo, Sobrado Canga, anunciou a construção de um hospital de referência para melhorar os serviços de assistência sanitária e evitar a deslocação dos doentes à República Democrática do Congo, em busca de tratamento médico.
Em declarações ao Jornal de Angola, Sobrado Canga disse que as obras do novo hospital arrancam nos próximos dias, com a preparação do terreno.
“O novo hospital permite assistir pacientes vindos do interior do município e de outras localidades vizinhas, além de atender aos doentes que agora vão ao hospital de Quimpango, na RDC”, disse Sobrado Canga.
O responsável da Saúde em Maquela do Zombo lembrou que o actual hospital já não dispõe de capacidade para responder à procura. “Neste momento, o velho hospital beneficia de obras de reabilitação, as camas e colchões estão a ser substituídos, para melhorar as condições de internamento dos pacientes”, afirmou.
Em Maquela do Zombo, disse Sobrado Canga, a Repartição da Saúde está a desenvolver campanhas de sensibilização e prevenção sanitária, no sentido da população aderir às acções de vacinação.
 Destacou a distribuição de mosquiteiros às mulheres grávidas e crianças, que está a permitir diminuir a mortalidade infantil.
A rede sanitária de Maquela do Zombo é composta por 12 postos, sete centros de saúde e um hospital municipal, para os quais estão disponíveis apenas 38 enfermeiros e quatro médicos, números considerados insuficientes.

Tempo

Multimédia