Províncias

Novos formados prontos para trabalhar

Valter Gomes |Uíge

Um total de 224 jovens finalizou os cursos médios de Informática, Administração Pública e Contabilidade e Gestão, no Instituto Médio de Administração e Gestão (IMAG) do Uíge.

Objectivo é continuar a trabalhar para uma formação técnica de qualidade e capaz de corresponder às exigencias do mercado
Fotografia: Mavitidi Mulaza|Uíge

Em mensagem lida na cerimónia de encerramento, os recém-formados afirmaram a sua satisfação pelo carinho, empenho e dedicação que os professores lhes dispensaram ao longo dos quatro anos de formação.
O director-geral do Instituto, Garcia Zó, disse que dos 307 alunos matriculados na 12ª classe, apenas 224 finalizaram. Deste número, 60 especializaram-se em Informática, 80 em Administração Pública e 91 em Contabilidade e Gestão. Criada em 2008, a instituição já formou 551 técnicos médios.
“O nosso objectivo é continuar a trabalhar para uma formação técnica de qualidade e capaz de corresponder às exigências do mercado. Para nós, não basta o aluno ter o certificado na mão, mas sim dignificar a instituição e a si próprio”, explicou.
O director-geral do IMAG aconselhou os novos técnicos a continuarem a sua formação académica para melhor se profissionalizarem.
O chefe do Departamento Provincial da Educação, da Direcção Provincial da Educação do Uíge, Dinis Maculo, disse que, no actual contexto de globalização das relações económicas, políticas, culturais e produtivas, a educação tornou-se um verdadeiro vector estratégico para o desenvolvimento sustentável e equitativo do país. O ciclo de formação que termina não demonstra o fim dos estudos, mas sim o começo de uma nova era para a formação dos recém-formados. “Os finalistas devem estar preparados para encarar de forma responsável o ensino superior, porque os desafios do país dependem de uma juventude devidamente formada”, salientou.
Dinis Maculo destacou o empenho do Executivo no combate ao analfabetismo em todas as localidades da província, uma vez que decorrem em todo o lado obras de construção de novas salas de aulas para reduzir o número de crianças fora do sistema do ensino.
No fim do acto presenciado, pelos membros do Governo Provincial, docentes e directores de escolas, os alunos mais destacados receberam certificados de mérito.

Tempo

Multimédia