Províncias

Novos vice-governadores são apresentados no Uíge

António Capitão | Uíge

Dois dos novos vice-governadores do Uíge foram apresentados, na terça-feira, aos membros do governo provincial, pelo governador Paulo Pombolo.

Os novos vices-governadores vão dirigir o sector económico e a área técnica
Fotografia: António Capitão|Uíge

Dois dos novos vice-governadores do Uíge foram apresentados, na terça-feira, aos membros do governo provincial, pelo governador Paulo Pombolo.
Por ausência da vice-governadora para o sector político e social, Maria Fernandes da Silva, foram apenas apresentados os vice-governadores para o sector económico, Manuel Correia Victor, e para a área técnica e infra-estruturas, Afonso Luviluko.
“Os novos vice-governadores são elementos que vinham apresentando algumas capacidades técnicas e intelectuais necessárias para nos ajudarem a dirigir os destinos da província”, disse Paulo Pombolo.
O governador afirmou que os novos vice-governadores, para corresponderem à confiança depositada pelo Chefe do Executivo, “devem empenhar-se nas tarefas e nos programas gizados pelo governo e pelo partido, que visam melhorar as condições de vida da população” “Precisamos de corrigir a nossa disciplina laboral, tendo em conta que ainda há alguns membros do executivo local que não cumprem, na íntegra, as missões que lhes são acometidas”, referiu.
Paulo Pombolo disse estar previsto, para os próximos dias, o reajustamento do governo provincial e a apresentação do novo estatuto orgânico para melhorar a dinâmica das acções.O encontro serviu também para perspectivar o funcionamento, no próximo ano, da Universidade Kimpa Vita, preparar a primeira conferência dos desportos e analisar os projectos executados através do Programa de Investimentos Públicos.
A transição dos projectos do Gabinete Técnico de Gestão do Programa de Investimentos Público e a análise da proposta do governo da província ao Ministério da Administração do Território sobre a ascensão de algumas regedorias a comunas e de comunas a municípios mereceram igualmente a atenção dos membros do governo provincial.

Tempo

Multimédia