Províncias

Ortopédico volta a fabricar próteses

Valter Gomes | Uíge

O Centro Ortopédico de Reabilitação Física do Negage volta a fabricar próteses, quatro anos depois da sua paralisação, devido a avaria dos equipamentos e falta de materiais.

Centro assistiu milhares de pacientes
Fotografia: Eunice Suzana

O administrador do Centro, Afonso de Carvalho, garantiu estarem criadas as condições para o atendimento dos pacientes que solicitarem os serviços e disse que uma das maiores preocupações da unidade sanitária é a reabilitação física e o bom tratamento das pessoas com deficiência.
O Governo Provincial do Uíge contribuiu para a abertura do Centro, dando suporte na aquisição de novos materiais e equipamentos de alta qualidade para a produção de próteses e muletas. O Centro oferece também tratamento de doenças degenerativas.  
Desde a sua criação em 1996, já foram reabilitados no Centro cerca de 4.235 deficientes físicos, vítimas de minas e acidentes de viação das províncias do Uíge, Malanje, Cuanza Norte e Zaire.
No Centro estão em funcionamento as oficinas de fabrico de próteses, fisioterapia e as salas de internamento, com capacidade para 35 doentes. 
O Centro controla nesta altura 25 pacientes internados, entre vítimas de acidentes de viação, paralisia, inflamações no joelho e outras lesões.

Tempo

Multimédia