Províncias

Primeiras moradias entregues em Agosto

Joaquim Júnior |Damba

As primeiras 40 casas, das 200 em construção na sede municipal da Damba, a cerca de 197 quilómetros da cidade do Uíge, vão ser entregues na primeira quinzena de Agosto, garantiu a administradora municipal.

Na aldeia de Cassassa regedoria do Caiongo está em curso um outro projecto habitacional
Fotografia: Jornal de Angola

As primeiras 40 casas, das 200 em construção na sede municipal da Damba, a cerca de 197 quilómetros da cidade do Uíge, vão ser entregues na primeira quinzena de Agosto, garantiu a administradora municipal.
Maria Fernando Cavungo elogiou o empenho da construtora em relação ao andamento das obras e disse que tudo indica, que, até à primeira quinzena de Agosto, ficam concluídas as primeiras.
Na aldeia de Cassassa, regedoria do Caiongo, está em curso um outro projecto de construção de 50 casas evolutivas, que vão mudar a imagem total da localidade e minimizar a carência habitacional existente na localidade.
Depois da conclusão dos dois projectos habitacionais, vai ser desenvolvido um outro que prevê a construção de dezenas de residências para a juventude.
Na localidade de Cassassa, estão ainda a ser realizadas obras de construção de três campos polidesportivos, para que a juventude local possa promover e desenvolver actividades desportivas nas mais diversas modalidades.

Damba em crescimento


Nos últimos anos, o município da Damba passou a ter 89 escolas, algumas delas construídas de raiz e outras reabilitadas e apetrechadas, o que permitiu uma redução significativa do número de alunos que se encontrava fora do sistema normal de ensino.
A população estudantil cresceu consideravelmente , neste período, para mais de 12.350 alunos.
O antigo hospital municipal também foi totalmente reabilitado e apetrechado com equipamentos de última geração e é hoje uma referência no país, por ser a única unidade sanitária especializada e autorizada a proceder o tratamento de fístulas obstétricas. Foram ainda construídos dois novos postos de saúde, no âmbito do Programa de Investimentos e Combate à Pobreza no meio rural.
No sector agrário, o município tem 30.167 famílias camponesas integradas em 71 associações e oito cooperativas agrícolas, que estão a beneficiar de apoios em tractores, moto táxis, sementes, motobombas e instrumentos de trabalho.
O município da Damba tem uma população estimada em mais de 183 mil habitantes que se dedicam ao cultivo da mandioca, ginguba, abóbora, gergelim, feijão, batata-doce, hortaliças e outros produtos.

Tempo

Multimédia