Províncias

Província do Uíge com mais quadros

Joaquim Júnior |Uíge

A Igreja Kimbanguista de Jesus Cristo sobre a Terra apresentou, no sábado, no Uíge, os primeiros 20 comunicadores sociais preparados no centro de formação daquela congregação religiosa.

A Igreja Kimbanguista de Jesus Cristo sobre a Terra apresentou, no sábado, no Uíge, os primeiros 20 comunicadores sociais preparados no centro de formação daquela congregação religiosa.
Os formandos adquiriram, durante seis meses, conhecimentos teóricos e práticos de jornalismo de rádio e de televisão, técnicas de reportagem e operacionais, história da imprensa, informática, locução e de língua portuguesa.          
O coordenador do centro de formação afirmou que o curso teve o objectivo de preparar os fiéis daquela confissão ligados ao departamento de informação, arquivo e documentação, mas que jovens não pertencentes à congregação, que ambicionam ser jornalistas, também puderam frequentá-lo.
 Victor Garcia agradeceu à direcção provincial da Comunicação Social o apoio prestado e referiu que o centro necessita de ser apetrechado para futuros formandos disporem de melhores condições.
O director provincial em exercício da Comunicação Social, que encerrou o curso, valorizou a iniciativa da Igreja Kimbanguista que, disse, ajuda a cobrir um vazio que se regista na província, que não tem escolas ou centros de formação de jornalistas.
Garcia Armindo pediu maior responsabilidade aos recém-formados no tratamento das matérias ligadas à religião e à sociedade para a informação a estar sempre dentro dos princípios éticos e deontológicos, atendendo o carácter das actividades em que vão estar envolvidos.
Ilda Cayengue, formanda, que fez a leitura da mensagem em nome do colectivo, falou da satisfação do grupo por ter conseguido atingir os objectivos preconizados antes e no decorrer do curso, comprometendo-se a aplicar os conhecimentos adquiridos na formação.

Tempo

Multimédia