Províncias

Ravinas no Uíge ameaçam cortar vias rodoviárias

A chuva que se abateu nos últimos dias de Fevereiro nos municípios de Púri e Sanza Pombo, Uíge, abriu enormes ravinas, que ameaçam cortar a circulação automóvel entre as duas vilas localizadas a nordeste da capital provincial.

A informação foi dada pelos administradores dos dois municípios, durante uma visita dos deputados do grupo parlamentar do MPLA.
O administrador do município do Púri, Beirão Monteiro, afirmou que a ravina, com mais de um quilómetro, a sul da vila, tende a cortar ainda o troço rodoviário que liga os municípios de Sanza Pombo, Milunga, Buenga e Quimbele. No município de Sanza Pombo, o administrador Baptista Bunga disse que as duas ravinas progridem a sul e a norte da vila e também ameaçam separar a vila, danificar residências e outros imóveis.
Os administradores pedem a pessoas colectivas e singulares para trabalharem juntas na realização de estudos, com vista a estancar a progressão das ravinas, que podem dificultar as trocas comerciais e a transportação de material de construção, para dar sequência aos projectos de impacto social em curso nos referidos municípios.

Tempo

Multimédia