Províncias

Recém-nascidos recebem donativos

Joaquim Júnior | Uíge

Mais de 40 crianças, nascidas  na maternidade do Hospital Central do Uíge, receberam enxovais doados pela direcção provincial da Família e Promoção da Mulher.

O donativo visou minimizar as carências das famílias em situação de vulnerabilidade
Fotografia: Jornal de Angola

O gesto, que contou com a colaboração de um grupo de mulheres pertencentes a várias associações filantrópicas e religiosas sedeadas na província, visou saudar o 31 de Julho, Dia da Mulher Africana.
A directora provincial da Família e Promoção da Mulher, Catarina Domingos, disse que a visita, além da entrega dos bens, serviu para constatar as condições de acomodação naquele hospital.
A responsável disse que a maternidade oferece boas condições de assistência às parturientes e elogiou o empenho dos profissionais daquela unidade hospitalar.
 Madalena Anselmo, responsável da maternidade do Uíge, agradeceu o gesto, que vai ajudar muitas mulheres que chegam à maternidade sem vestuário e produtos de higiene para os filhos.
Durante o primeiro semestre do ano em curso, a maternidade do Hospital Central do Uíge registou 5.260 partos, dos quais 421 cesarianas, e 120 nados mortos.Madalena Anselmo falou da existência de casos de mortes ou partos complicados provocados por parteiras tradicionais nas comunidades. A maternidade recebe muitas mulheres com roturas uterinas, uma das principais causas de morte de mãe e recém-nascidos.A chefe da maternidade referiu ainda o crescimento do número de partos gemelares em adolescentes dos 13 aos 17 anos, tendo-se registado 54 casos de Janeiro a Julho do corrente ano.

Tempo

Multimédia