Províncias

Reposição da ponte do Luinda melhora circulação no Songo

Valter Gomes | Songo

Uma ponte metálica com 25 metros de comprimento e oito de largura, colocada sobre o rio Luinda, na regedoria do Denga, município do Songo, no Uíge, foi inaugurada sexta-feira  pelo governador provincial Paulo Pombolo, no âmbito das comemorações do 40º aniversário da Independência Nacional.

A nova ponte sobre o rio Luinda foi inaugurada pelo governador Paulo Pombolo (ao centro)
Fotografia: José Bule

Com capacidade para suportar mais de 60 toneladas, a nova ponte, construída no quadro do programa da Administração Municipal do Songo, vai possibilitar o desenvolvimento rural na região e facilitar a ligação rodoviária entre os municípios do Songo e Mucaba.
O regedor da localidade do Denga, Artur João, manifestou-se satisfeito ao ver melhorada a circulação rodoviária e de pessoas e bens, recordando que passam-se muitos anos desde que a antiga ponte esteve inoperante e a travessia do rio era feita a pé, muitas vezes com a carga à cabeça.
A nova ponte sobre o rio Luinda vai contribuir para a resolução dos principais problemas no seio da população e enalteceu os esforços do Governo Provincial que tem trabalhado com base no bem-estar dos habitantes, sobretudo os do meio rural.
O presidente da Associação Agrícola Memuini do Denga, Manuel Martins, disse que estão criadas as condições para que os camponeses da região desenvolvam melhor a sua actividade. Além da colocação da nova ponte, o troço rodoviário de cerca de 20 quilómetros que liga a localidade à sede municipal do Songo também beneficiou de obras de terraplenagem, o que constitui motivo de satisfação.
 Constituída por 31 membros, a Associação Agrícola Memuini prevê, para a presente  época agrícola, trabalhar cinco hectares, dada a melhoria da circulação rodoviária que no passado inviabilizava a actividade do campo e o escoamento de produtos como  banana, mandioca, feijão, milho, cana-de-açúcar, café, hortícolas e outros bens. 
O agricultor Gilberto Fernando, 43 anos, da localidade do Luvo, no Songo, disse que com a reabilitação da via os camponeses da região vão poder desenvolver da melhor forma o trabalho no campo e aumentar a produção. “Estamos apostados em aumentar a produção, mas para tal é necessário que  a Administração Municipal e em particular o Governo Provincial reforcem os apoios  em instrumentos agrícolas, máquinas de lavoura e outros meios que facilitam aos camponeses alargarem o nível de produção agrícola”, precisou.
 Em resposta a algumas preocupações apresentadas pelas autoridades da região, o governador provincial, Paulo Pombolo, pediu aos habitantes no sentido de continuarem a ter fé e confiança nas acções do Governo, uma vez que o Executivo trabalha para resolver gradualmente as dificuldades da população.
“A nossa maior felicidade hoje é ver a ponte aberta para facilitar a circulação da população do Denga e outras regiões para a sede do município do Songo, melhorando o escoamento da produção agrícola”, disse.
Paulo Pombolo acredita que apesar das dificuldades financeiras que o país atravessa,  com ajuda do Executivo, o Governo Provincial vai continuar a trabalhar no sentido de dar solução aos principais problemas que afligem as populações.
Localizada a 20 quilómetros da sede municipal do Songo, a população da região do Denga conta com uma população estimada em 2.775 habitantes que se dedicam ao cultivo da banana, mandioca, feijão, milho, cana-de-açúcar, café e hortícolas.

Tempo

Multimédia