Províncias

Sarampo e tétano provocam óbitos em Sanza Pombo

Joaquim Júnior | Sanza Pombo

O Hospital Municipal do Sanza Pombo, na província do Uíge, registou este ano dez mortes por sarampo e duas por tétano causadas por mordedura de cães, disse o director em exercício da referida unidade sanitária.

Ferraz Munongo afirmou que no mesmo período foram atendidos 40 casos de sarampo de pessoas de Quimbele, Milunga, Buengas e Cangola, mas também de Sanza Pombo, maioritariamente crianças até aos cinco anos Além das mortes por tétano, foram atendidas cinco pessoas com a mesma doença.
Muitos casos de mortes por sarampo, lamentou, devem-se à negligência das mães que optam inicialmente por tratamentos tradicionais em detrimento dos serviços médicos especializados  Para se evitar a propagação do sarampo e para evitar casos de tétano, a direcção do hospital ordenou aos técnicos de saúde dos municípios a intensificação das campanhas de vacinação contra as duas doenças.
O hospital de Sanza Pombo recebe diariamente mais 200 pacientes provenientes dos municípios de Quimbele, Milunga, Buengas, Cangola e do município sede. 
A unidade funciona com cinco médicos e 24 enfermeiros, número insuficiente para satisfazer a procura.  Ferraz Munongo disse que são precisos mais 50 enfermeiros e 20 médicos.
No hospital foi recentemente instalado um tanque de água de cinco mil litros e quatro chafarizes.  O município de Sanza Pombo tem 103 mil habitantes.  

Tempo

Multimédia