Províncias

Seminário prepara mulheres para vários órgãos de decisão

Nicodemos Paulo | Uíge

Mulheres, da província do Uíge, ligadas a várias organizações, participam, de ontem, até sexta-feira, numa acção formativa promovida pela direcção provincial da Família e Promoção da Mulher.

Igualdade de género em debate
Fotografia: Nicodemos Paulo

Mulheres, da província do Uíge, ligadas a várias organizações, participam, de ontem, até sexta-feira, numa acção formativa promovida pela direcção provincial da Família e Promoção da Mulher.
A acção de formação, que tem o objectivo de encorajar as mulheres a participarem activamente na direcção dos órgãos de decisão administrativa do Estado e em organizações sociais femininas, pretende que elas sejam dotadas de técnicas e de conhecimentos sobre liderança, comunicação, negociação e resolução de conflitos.
 O vice-governador para o sector técnico e infra-estrutura disse, na abertura do seminário, ser preocupação do Executivo diminuir o analfabetismo entre as mulheres.
“Existe no país um programa elaborado pelo Executivo para combater o analfabetismo. Muitos cidão hoje aprenderam ler e escrever graças a esta iniciativa. Acreditamos que nos próximos tempos o índece de  analfabetismo no país vai diminuir consideravelmente”, disse o governante.
Angola é dos países africanos que se destaca na promoção da mulher e igualdade de género, lembrou Afonso Luvilukotendo, pedindo às que desempenham cargos de direcção que proporcionem oportunidades a todos quantos trabalham nas instituições que dirigem. “A situação da mulher e dos homens na organização da vida familiar”, “partilha de responsabilidades e tomada de decisão no trabalho familiar”, “conciliação da vida profissional e familiar”, “técnicas de comunicação” e “negociação e informação sobre as leis que promovem e protegem as mulheres e condenam a violência doméstica” são alguns dos temas tratados.

Tempo

Multimédia