Províncias

Seminaristas com formação propedêutica

Valter Gomes | Uíge

Jovens provenientes das dioceses do Bengo, Sumbe, Ndalatando e Uíge terminaram no Seminário Maior Diocesano de São Paulo, na cidade do Uíge, a sua formação propedêutica e filosófica.

Jovens provenientes das dioceses do Bengo, Sumbe, Ndalatando e Uíge terminaram no Seminário Maior Diocesano de São Paulo, na cidade do Uíge, a sua formação propedêutica e filosófica.
Durante a acção formativa, que teve a duração de seis anos, os 86 seminaristas aprenderam matérias sobre o desenvolvimento da Palavra de Deus na Igreja Católica, conhecimentos propedêuticos, filosóficos, teologia e outras matérias, ministradas por 26 professores, entre padres, madres e leigos, provenientes de outros pontos do país.
O reitor do Seminário Maior Diocesano de São Paulo no Uíge, o padre Pina Artur, enalteceu o desempenho, espírito de boa vontade e dedicação dos estudantes, motivando a conquista dos objectivos preconizados durante a formação.
O padre Pina Artur aconselhou os finalistas a seguirem os princípios doutrinários, respeito e harmonia na transmissão da palavra de Deus às populações das comunidades. “O seminário maior é a casa da esperança e de homilia para aqueles que desejam seguir o sacerdócio, por isso, a maior atenção dos bispos está voltada para ele,não só pela estrutura física, mas também pela formação que se vai dando”.

Tempo

Multimédia