Províncias

Uíge apetrecha laboratórios

Nicodemos Paulo |Uíge

O Instituto Superior de Ciências da Educação no Uíge está a apetrechar os seus laboratórios de ciências exactas e da natureza para facilitar os exercícios práticos dos estudantes matriculados nos cursos de Química, Física, Biologia e Geografia.

Os novos equipamentos foram concedidos para o ensino e investigação nas universidades
Fotografia: Jornal de Angola

A instalação dos laboratórios, de acordo com o director adjunto para os Assuntos Científicos do ISCED da província do Uíge, permite a realização de experiências científicas demonstrativas e fornecer competências técnicas aos estudantes.
Manuel Zangala referiu que as práticas laboratoriais são importantes na formação dos estudantes das ciências exactas, facto que demonstra a preocupação do ISCED em apetrechar melhor os seus laboratórios.“Os novos equipamentos laboratoriais foram concebidos para o ensino e investigação em ciências exactas e da natureza nas universidades e, por isso, temos a obrigação de transformar os nossos docentes e estudantes em autênticos investigadores”, enfatizou. O director adjunto para os assuntos científicos referiu que os laboratórios são também ferramentas didácticas fundamentais para a melhoria do ensino, treino técnico dos professores e estudantes e a produção de conhecimentos novos em várias áreas do saber.
Depois da conclusão dos trabalhos de instalação, o director adjunto do ISCED da província do Uíge avançou que os professores de Química, Física, Biologia e Geografia são seminariados para melhor se adaptarem às novas tecnologias.
Christian Lamertz, responsável pelas vendas da fábrica alemã Phywe, disse que a sua empresa está a instalar materiais adaptados ao clima tropical e preparados para o uso escolar. “São máquinas especialmente desenhadas e fabricadas para intenso uso diário, oferecendo protecção contra manipulação incorrecta”, revelou Christian Lamertz.

Tempo

Multimédia