Províncias

Uíge arranca com a construção de modernos empreendimentos

António Capitão | Uíge

Cinco novas unidades hospitalares, construídas nos municípios do Bungo, Damba, Puri, Mucaba e Songo, na província do Uíge, vão ser inauguradas até ao final deste ano, anunciou o governador Paulo Pombolo.

Os novos hospitais vão garantir melhor assistência à população da região e arredores
Fotografia: José Bule | Uíge

Cinco novas unidades hospitalares, construídas nos municípios do Bungo, Damba, Puri, Mucaba e Songo, na província do Uíge, vão ser inauguradas até ao final deste ano, anunciou o governador Paulo Pombolo.
Os novos hospitais vão garantir melhor assistência às populações da província, numa política de proximidade. A entrada em funcionamento dos novos hospitais vai permitir que até as doenças que antes obrigavam os pacientes a deslocarem-se para o Hospital Provincial, sejam tratadas localmente.
Os novos hospitais municipais começaram a ser construídos há dois anos pelo Gabinete Técnico de Gestão para os Projectos de Investimentos Públicos do Uíge (GTG-PIP) e estão agora a ser apetrechados. As novas unidades garantem aos utentes uma assistência mais eficaz e oferecem melhores condições de trabalho aos técnicos de saúde.
 
Recurso a mini-hídricas

O governador do Uíge, Paulo Pombolo, informou que o seu governo projectou a construção de 37 mini-hídricas para fornecer energia eléctrica aos municípios que não estão incluídos no sistema de abastecimento a partir da barragem de Capanda.O governador disse que o projecto de oito mini-hídricas já foi aprovado pelo Ministério da Energia e Águas. “A província tem uma bacia hidrográfica rica, por isso, vamos aproveitar o caudal dos principais rios para construir mini-hídricas, com vista a harmonizar o desenvolvimento da província”.
Paulo Pombolo reafirmou que até ao final do próximo mês de Novembro, os municípios do Uíge, Maquela do Zombo e Negage começam a receber energia eléctrica a partir da barragem hidroeléctrica de Capanda.
Os trabalhos da montagem da linha de transporte e da construção das subestações estão praticamente concluídos. Paulo Pombolo manifestou a intenção distribuir a energia eléctrica proveniente da barragem hidroeléctrica de Capanda para os municípios do Bungo, Damba, Puri, Sanza Pombo, Milunga e Quimbele.
“Os municípios estão situados próximos das linhas de transporte que abastecem o Uíge e Maquela do Zombo. Por isso, estamos a negociar com o Ministério da Energia e Águas para que sejam construídas linhas de transporte em benefício das populações que residem nos municípios vizinhos, disse o governador.
A construção de escolas, nos bairros periféricos da cidade do Uíge, postos de saúde, sistema de iluminação pública e fornecimento de água potável fazem também parte dos projectos anunciados pelo governador.

Tempo

Multimédia