Províncias

Unidade de Mão-de-Obra entra em funcionamento

A província do Uíge conta dentro de poucos dias com uma Unidade de Intermediação de Mão-de-Obra (UIMO), um serviço de promoção e interacção entre o cidadão e o empregador, com base na criação de novos postos de trabalho, anunciou o coordenador provincial dos Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC).

Jovens da província desempregados e que procuram por uma oportunidade no mercado são os principais beneficiários deste projecto
Fotografia: Mota Ambrósio

Justino Lucas disse que se trata de uma iniciativa vantajosa para os funcionários e benefícios para os jovens desempregados que procuram por uma oportunidade e lembrou que a entrada em funcionamento deste serviço constitui um grande desafio para a instituição.
No SIAC, funcionam os serviços de Registo Civil, Criminal e Comercial, Cartório Notarial, Finanças, Viação e Trânsito, Segurança Social, Ficheiro das Denominações, Estatística, Seguradora e Serviços Bancários.
Justino Lucas avançou que a instalação do Ponto Biométrico permitiu controlar melhor a pontualidade e assiduidade dos funcionários e profissionalizou os serviços de atendimento aos clientes.
A instalação do biométrico obrigou os funcionários a cumprir rigorosamente os horários de funcionamento, facto que permitiu elevar a produção anual em cerca de 22,89 por cento em relação ao ano de 2013. Durante o ano de 2014, os Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC) atenderam 153.054 cidadãos. Os serviços de Identificação Civil foram os mais solicitados, tendo emitido 11.690 Bilhetes de Identidade. O coordenador provincial do SIAC disse que a profissionalização dos funcionários e a melhoria dos serviços de transportes públicos na via que liga o SIAC ao centro da cidade do Uíge foram factores determinantes para os êxitos alcançados no ano findo.
Outra melhoria registada no SIAC é a instalação da Rádio Indoor, um sistema de publicidade e marketing personalizado, que está a ser utilizado para informar a tempo e horas os cidadãos que se dirigem à instituição.
O sistema foi instalado durante o ano passado e serve para publicitar os serviços disponíveis. Por exemplo, quem se dirige ao SIAC, toma contacto com os serviços oferecidos através de auto-falantes, montados no interior e nos corredores da instituição.
Justino Lucas destacou ainda o reforço da segurança física e a montagem de câmaras de video-vigilância na instituição, além da reabilitação do parque de estacionamento de viaturas e a construção de um sistema de água potável que funciona com um reservatório com capacidade para quatro mil litros, que abastece os funcionários e a população que frequenta o SIAC.

Tempo

Multimédia