Províncias

Universitários bem preparados

Victor Pedro

Professores e estudantes do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED), no Sumbe, aprenderam novas técnicas na transmissão, aprendizagem e aperfeiçoamento da cadeira de Matemática, na formação encerrada, última sexta-feira, naquela instituição académica da província do Cuanza Sul.

Participantes no encontro estudam novas estratégias para melhorar o ensino da Matemática nas escolas do Cuanza Sul
Fotografia: Victor Pedro | Sumbe

Subordinada ao tema “Os Professores de Matemática na Promoção de um Ensino de Qualidade”, a formação visou abordar fundamentalmente técnicas que vão ajudar os futuros professores a dominarem a disciplina.
O encontro, que foi promovido pelo Departamento de Ciências Exactas do ISCED, reuniu estudantes do primeiro ao quarto ano, com vista a medir as competências dos mesmos em matérias ligadas à cadeira de Matemática. A actividade visou ainda promover no seio dos formandos na especialidade de Matemática a autopreparação, a comunicação educativa a partir do intercâmbio de conhecimentos, as habilidades e o seu desempenho profissional.
Durante o encontro, os participantes discutiram um tema relacionado com o perfil integral do professor para um ensino eficiente nas escolas de hoje, que deve ser característico da especialidade, em que se requer igualmente muita comunicação e concentração.
Dividido em duas mesas-redondas, na primeira parte do seminário abordou-se a equação do primeiro grau a uma incógnita, histórias dos números, resolução de problemas envolvendo funções, introdução ao estudo dos números complexos.
A segunda mesa-redonda foi reservada a temas como os meios digitais para o ensino da Matemática, aplicação dos logaritmos na vida prática, uso do software geogebra no ensino e a aprendizagem das funções trigonométricas.
A decana do ISCED do Sumbe, Amélia de Jesus Sakongo, considerou o encontro como um momento ímpar e de capital importância, tendo em conta que visou estimular os participantes a consolidarem as suas competências em termos de conhecimentos adquiridos durante os quatro anos de formação.
A professora Amélia Sakongo referiu também que o seminário teve como objectivo despertar a consciência dos formandos para continuarem a actualizar os conhecimentos nos vários domínios do saber, além da Matemática.

Tempo

Multimédia