Províncias

Vários sectores da energia avaliados pelo Governo

O vice-governador da Lunda-Norte para organização e serviços técnicos visitou, na sexta-feira, os sistemas de produção e distribuição de energia eléctrica da cidade do Dundo e dos arredores.

Pretende-se garantir melhor fornecimento
Fotografia: Santos Pedro

O vice-governador da Lunda-Norte para organização e serviços técnicos visitou, na sexta-feira, os sistemas de produção e distribuição de energia eléctrica da cidade do Dundo e dos arredores.
 Moisés Chingongo esteve também na central hidroeléctrica do Luachimo, que produz quatro megawatts, cerca de metade da capacidade instalada, devido ao desgaste dos equipamentos, que funcionam há mais de 50 anos.
 “A central precisa de ser restaurada e de aumentar a capacidade de produção para corresponder aos actuais níveis de consumo”, disse o vice-governador, anunciando que “há um projecto nesse sentido”, pendente da disponibilização de recursos financeiros.
Chingongo avaliou, igualmente, o funcionamento da central térmica, composta por dois grupos geradores, com a capacidade de produção de três megawatts, instalada no ano passado.
 Na central térmica, verificou a existência de atrasos no abastecimento de combustível, o que prejudica o funcionamento contínuo dos dois grupos geradores. />“Há um esforço muito grande do governo da província para garantir combustível que mantenha funcionais os geradores porque sabemos que a situação é muito preocupante”, disse, garantindo que “todos os esforços estão a ser feitos para serem resolvidos os problemas de energia eléctrica”.
O vice-governador revelou que já não vai ser instalada a segunda central térmica, com a capacidade de 15 megawatts, como o previsto no programa do governo provincial, sublinhado a necessidade de se encontrarem “soluções técnicas, a curto e médio prazo, que garantam o funcionamento das áreas de produção e o abastecimento de energia, de forma a melhorar a prestação dos serviços à população”.
 Moisés Chingongo visitou, ainda, a Empresa Nacional Electricidade (ENE) na Lunda-Norte, os P.T um e dois, localizados no centro da cidade e nos bairros 4 de Abril, Cacanda e Aeroporto.
 A ENE, na Lunda-Norte, tem, na cidade do Dundo e nos arredores, mais de 12 mil consumidores.

Tempo

Multimédia