Províncias

Vias na região do Bié estão a ser reabilitadas

José Chaves | Nharêa

Os habitantes da vila de Nharêa manifestaram ontem satisfação pela reabilitação das principais vias rodoviárias, iniciada no princípio do corrente mês pela empresa SINOHIDRO, com o prazo de finalização da primeira fase marcado para Abril de 2016.

Reabilitação das vias da sede municipal de Nharêa vai dar uma nova imagem à vila e contribuir para uma melhor circulação rodoviária
Fotografia: Eduardo Pedro

Cidadãos contactados pelo Jornal de Angola disseram que o projecto do Executivo está a dar uma nova imagem à vila e a melhorar a circulação de viaturas.
Para o funcionário público Armindo Sonenha, a reabilitação das vias da sede municipal da Nharêa vai dar uma nova imagem à vila e contribuir para uma melhor circulação de peões e automobilistas.
A aluna da Escola de Formação de Professores Isabel Domingos  disse que “isto faz com que toda a população tenha orgulho do município. Angola está a crescer cada vez mais e, neste sentido, penso que urge a necessidade da preservação do trabalho em curso”.
O  automobilista Isaac Chandenguele considera que alguns troços reabilitados, que  se encontravam em avançado estado de degradação, estão agora em boas condições técnicas e permitem uma circulação mais fluida e segura.
A administradora municipal, Lúcia Chicapa, revelou que a segunda fase do projecto tem a duração de nove meses e contempla a reabilitação de sete vias urbanas, cujos trabalhos consistem, além da reposição de asfalto, a instalação de redes de iluminação pública e de abastecimento de água potável, esgotos, lancis, passeios e sistemas de drenagem de águas residuais.
Lúcia Chicapa reconheceu  os esforços empreendidos pelo Governo da província do Bié para alterar o quadro actual da sede municipal de Nharêa, com o objectivo de melhorar as condições de vida dos seus habitantes.“É a primeira vez que a sede municipal da Nharêa beneficia de tapete asfáltico, desde a era colonial. É motivo de satisfação para os seus habitantes”, assinalou.
Além das vias rodoviárias da vila, está também em curso a reabilitação dos 42 quilómetros de estrada que separam a sede municipal da comuna da Gamba.

Tempo

Multimédia