Províncias

Vila do Cazombo sem água e energia

José Rufino | Alto-Zambeze

A vila do Cazombo, município do Alto Zambeze, na província do Moxico, está com sérios problemas no abastecimento de água potável e no fornecimento de energia eléctrica, segundo o administrador Alexandre Bumba.

Fotografia: DR

"A falta de água canalizada tem obrigado a população a recorrer às cacimbas", disse Alexandre Bumba, acrescentando que "existe na sede do município um gerador de 500 KVA, que fornece energia a algumas residências e garante a iluminação pública".
Segundo Alexandre Bumba, a Administração Municipal e o Governo da província estão a ensaiar algumas alternativas para resolver o problema da falta de água potável e energia eléctrica, que já perdura há algum tempo.
Alexandre Bumba disse que a resolução do problema de água no Cazombo passa pela reabilitação do sistema antigo e/ou construção de uma nova captação.
No cumprimento do programa de combate à fome e redução da pobreza, afirmou, foram colocados alguns furos de água, mas, por exiguidade de verbas, não são suficientes para atender toda a população do município.
Alexandre Bumba defendeu a construção de uma mini hídrica e a reabilitação das vias de acesso, para permitir o crescimento económico do município do Alto Zambeze, que dista 519 quilómetros a leste da cidade do Luena.
De acordo com o administrador, estão em curso alguns trabalhos de recuperação das principais vias de acesso e pontes, para permitir maior fluidez na circulação de pessoas e mercadoria.
Falando sobre os projectos agrícolas, o administrador municipal disse que o Alto Zambeze é o maior produtor de arroz na província e o Governo tem feito grandes esforço no sentido de potenciar o cultivo. No sector da Educação, Alexandre Bumba disse que o município necessita de 700 professores e mais salas de aula, para absorver cerca de seis mil crianças que se encontram fora do sistema de ensino.

Tempo

Multimédia