Províncias

Alunos do Nzeto passam a estudar em melhores condições

O bispo da diocese de Mbanza Congo, Dom Vicente Carlos Kiaziku, inaugurou quarta-feira na sede municipal do Nzeto uma escola primária com capacidade de absorver 1.400 alunos em dois períodos.

O bispo da diocese de Mbanza Congo, Dom Vicente Carlos Kiaziku, inaugurou quarta-feira na sede municipal do Nzeto uma escola primária com capacidade de absorver 1.400 alunos em dois períodos.
As obras, financiadas pela Sociedade Nacional de Combustíveis “Sonangol”, estão inseridas num projecto escolar implementado pela Igreja Católica na região, orçado em mais de 100 milhões de kwanzas. A escola, apetrechada com carteiras e quadros, possui 12 salas, sala de reuniões, de informática, armazém e área administrativa, cujas obras tiveram a duração de um ano.
O director da escola, o padre António José Ginga, disse que o empreendimento é fruto dos 32 anos da presença dos missionários do Verbo Divino em Angola, em geral e no município do Nzeto, em particular.
“É com esta intenção da formação integral do homem através da educação que fizemos o pedido à Sonangol e, por meio da sua associada Total, foi-nos disponibilizados este financiamento que possibilitou a construção da infra-estrutura”, sublinhou o prelado, agradecendo o governo, pelos esforços para a materialização do projecto.

Tempo

Multimédia