Províncias

Ambriz precisa de posto de combustível

Os habitantes do município do Ambriz, província do Bengo, solicitaram às autoridades locais a instalação de um posto de combustíveis, para facilitar a aquisição destes produtos.

Carência é aproveitada por especuladores
Fotografia: Jornal de Angola

Os habitantes do município do Ambriz, província do Bengo, solicitaram às autoridades locais a instalação de um posto de combustíveis, para facilitar a aquisição destes produtos.
Por falta de uma bomba de gasolina, os combustíveis são vendidos a preços exorbitantes. Os especuladores compram os combustíveis em Caxito, localidade situada a 127 quilómetros, ou em Luanda, que dista a 181 quilómetros, para os revender, APUROU a Angop.  O fornecimento de energia eléctrica é feito apenas à sede municipal do Ambriz, entre as 18h00 e as 22h30, mas a falta de combustível para abastecer o grupo gerador tem causado constantes restrições. Em declarações prestada à Angop, o representante municipal da Energia e Águas, António Manuel Paulo, disse que caso houvesse um posto de combustíveis, o período de fornecimento de energia poderia ser alargado.
O município do Ambriz possui uma população estimada em 16.977 habitantes, que se dedica, maioritariamente, à actividade agrícola e à pesca. Na passada quarta-feira (05 de Maio), o município completou 155 anos de existência.

Tempo

Multimédia