Províncias

Aposta na melhoria do saneamento básico

A Administração Municipal de Mbanza Kongo, na província do Zaire, propõe-se trabalhar afincadamente para a melhoria do sistema de recolha e tratamento de resíduos sólidos em todos os bairros da circunscrição, garantiu ontem o administrador municipal adjunto para o sector Técnico e Administrativo.

Fotografia: Garcia Mayatoko |(Zaire)|Edições Novembro

Vladimir Salamanca, que falava à imprensa após a sua tomada de posse, prometeu trabalhar com a única empresa de recolha de resíduos sólidos que opera na cidade, no sentido de sensibilizá-la a melhorar a sua prestação, tendo reconhecido ineficiência na actividade desenvolvida pela operadora.
Considerou ainda o combate ao vandalismo do património público e de mercados informais em locais impróprios como metas a atingir, para as quais prometeu estabelecer diálogo com as diferentes franjas da sociedade local.
O administrador adjunto de Mbanza Kongo reconhece as limitações financeiras do momento, mas garante que trabalhará para repor a ordem e a disciplina na localidade, inscrita na lista do Património Mundial pela Unesco, a 8 de Julho de 2017.
Defendeu a necessidade de formalizar-se o comércio precário na localidade, de modo a contribuir também para o aumento das receitas fiscais para o município, tendo em vista a implementação das autarquias locais.
A cerimónia de tomada de posse foi orientada pelo governador, José Joanes André, que pediu aos novos responsáveis, entre os quais administradores municipais adjuntos de Mbanza Kongo,  Nzeto, Tomboco e Nóqui, bem como aos chefes de departamentos, mais empenho na melhoria do sistema do saneamento básico das cidades e vilas.

Tempo

Multimédia