Províncias

Arquivos administrativos melhor geridos

Jaquelino Figueiredo | Soyo

As matérias relacionadas com a organização e gestão de arquivos administrativos vão ser melhor tratadas em breve por várias instituições do município do Soyo, para facilitar a intervenção do Centro de Documentação e Informação (CDI) do Governo Provincial do Zaire.

Para materializar este desiderato, técnicos das Administrações Municipal e Comunais, Polícia Nacional, Forças Armadas Angolanas (FAA), hospitais e empresas públicas e de igrejas reconhecidas pelas autoridades participaram num seminário, quinta e sexta-feira, em que abordaram assuntos sobre gestão organizacional administrativa. Durante a formação, os participantes abordaram a história dos arquivos, princípios gerais de gestão dos arquivos correntes, implicância jurídica no manuseamento incorrecto dos arquivos e relações interpessoais.
Além disso, os funcionários de instituições públicas discutiram questões sobre o procedimento de organização dos arquivos intermédios, pauta deontológica na função pública, papel do CDI, comunicação social, museu, biblioteca e arquivo. O chefe do CDI do Governo do Zaire, Alfredo Abílio Massanga, disse que o seminário teve como objectivo lançar as bases para a conservação de diversos documentos administrativos produzidos pelas instituições públicas e privadas que constituem a história de um povo e sirvam no futuro às novas gerações.
O responsável CDI do Governo Provincial do Zaire adiantou que se não existirem técnicos formados na área é impossível a organização dos arquivos, uma vez que “toda a ciência obedece a métodos e regras próprias”.
“Por este motivo, estamos preocupados em formar os técnicos, para saberem como deve ser guardado o documento e quais as etapas a obedecer”.

Tempo

Multimédia