Províncias

As vias de acesso tendem a melhorar

As obras de reabilitação definitiva da estrada que liga Mbanza Congo à sede municipal de Noqui, província do Zaire.

Numa extensão de 148 quilómetros, ficam concluídas em finais de 2015. Esta informação foi prestada ao governador do Zaire, José André, pela empresa Tecnovia Angola, que executa os trabalhos desde 2012.
De acordo com o director da comunicação da Tecnovia Angola no Zaire, Luís Mota, os trabalhos nesta via rodoviária estão divididos em dois lotes. O primeiro compreende o troço Mbanza-­Congo/­Mpala (Noqui), com 94 quilómetros, enquanto o segundo, com 54 quilómetros, liga a comuna de Mpala à sede municipal de Noqui.
Pelo menos 64 quilómetros receberam já o tapete asfáltico e pavimento betuminoso, enquanto nos restantes decorrem os trabalhos de terraplenagem, escavações e aterros e aplicação de pavimentos.
As chuvas que se abateram com bastante intensidade na região condicionaram o ritmo das obras desta empreitada, garantindo, no entanto, que os prazos contratuais são cumpridos à risca.
Por outro lado, a requalificação da zona turística da sede municipal de Noqui (Zaire), que consiste na modernização da piscina e a sua envolvência, vai proporcionar maiores opções de lazer aos munícipes, assim como servir de cartão-de-visita para a localidade.
De acordo com o munícipe Mário Tuba, o ambiente de permanente “monotonia” que se vive actualmente na sede municipal de Noqui fica ultrapassado, com o reaproveitamento da infra-estrutura de lazer.
Na opinião do interlocutor, a vila de Noqui, apresenta grandes potencialidades turísticas, que precisam de ser exploradas.

Tempo

Multimédia