Províncias

Associação juvenil Olwisa promove mega campanha

Jaquelino Figueiredo | Soyo

Mais de 500 pessoas participaram na terceira mega campanha de limpeza e embelezamento da cidade do Soyo e arredores, denominada “Unidos por uma Cultura sem lixo e preconceito”, promovida pela Associação Juvenil Olwisa.

O presidente da associação, Raul Alfredo, disse que esta campanha se enquadra no projecto “Sábado Vermelho”, do Governo Provincial do Zaire, destinado a manter limpas as cidades da província, envolvendo os cidadãos de cada município.
O apelo foi lançado a 49 instituições estatais e privadas, associações juvenis, direcção de escolas, colégios e sábados com grande sucesso, uma vez que se verificou uma grande adesão. A campanha partiu do bairro Kitona ao Kukala Kiaku, acrescentou. Raul Afredo garantiu que sua agremiação vai continuar a realizar estas campanhas, para consciencializar os cidadãos da importância do saneamento básico dos bairros e da cidade em geral, cujos efeitos têm reflexos positivo na saúde das pessoas.
“As campanhas vão ajudar a diminuir as doenças. Não é por acaso que o governo realiza, através do Ministério da Saúde, campanhas destinadas a remover o lixo, acabar com as águas paradas e retirar o capim em redor das nossas casas, com vista a evitar mosquitos. A nossa associação junta-se a este esforço do Executivo, para garantir o bem-estar dos cidadãos”, disse Raul Alfredo.
O chefe da secção de fiscalização da administração municipal do Soyo, Lourenço Komba, pediu aos cidadãos para evitarem mandar crianças depositar o lixo nos contentores, uma vez que elas não conseguem colocá-lo dentro e deitam-no ao chão, o que é prejudicial para elas e para todos.
“Ao depositarem o lixo ao chão, o camião quando chega para recolher o contentor acaba por não levar os resíduos sólidos colocados no chão, situação que complica o trabalho dos homens do serviços comunitários e facilita o aglomerado de lixo em vários pontos da cidade, o que pode afectar a nossa saúde”, acrescentou.

Tempo

Multimédia