Províncias

Aumenta número de casos

Kayila Silvina | Mbanza Congo

As autoridades sanitárias da província do Zaire notificaram, durante o primeiro semestre deste ano, 282 novos casos de VIH/Sida, que resultaram em 21 óbitos, apontou ontem um relatório da instituição.

O documento refere que nos primeiros seis meses deste ano foram testadas 19.688 pessoas e os jovens, com idades compreendidas entre os 20 e 39 anos, foram os mais afectados.
O município do Soyo continua a ser a localidade mais afectada pelo vírus, tendo registado 134 novos casos positivos do flagelo, seguido por Mbanza Congo, com 116, Cuimba, com 16, e Tomboco, com sete. Nzeto e Nóqui registaram seis e três casos cada. O relatório refere ainda que 187 seropositivos beneficiaram de acompanhamento médico, com recurso ao tratamento gratuito com antiretroviral nos seis centros de testagem voluntária e nas unidades hospitalares da região.
As gestantes infectadas foram também assistidas, através do programa de corte de transmissão vertical.
O Programa Provincial de Luta contra o Sida, no Zaire, distribuiu 45.900 preservativos masculinos e 37.382 femininos, além de 14.275 cartazes, 1.938 folhetos e 1.683 manuais informativos. As autoridades sanitárias do Zaire estão a intensificar as acções de sensibilização contra a doença e fazem apelos à população para participar no programa de aconselhamento e testagem voluntária.
O documento refere-se também ao apoio dos meios de comunicação na divulgação de mensagens em português e kikongo.

Tempo

Multimédia