Províncias

Aumentam casos de má nutrição

Um total de 94 casos de má nutrição foram notificados, de Janeiro a Junho deste ano, pelas autoridades sanitárias da província do Zaire, que provocaram cinco óbitos, informou o supervisor provincial da vigilância epidemiológica do departamento local de saúde pública e controlo das endemias.

Habitantes da comuna de Chimbamba sentem falta de quase todos os serviços básicos
Fotografia: Francisco Bernardo

Francisco Sinda garantiu à Angop que, comparativamente ao primeiro semestre de 2011, se registou um aumento de 79 casos de má nutrição na região, em resultado de um trabalho eficaz desenvolvido pelos técnicos de saúde na notificação, aliado à expansão de infra-estruturas sanitárias em diversas localidades da região.
“O Governo Provincial, através da Direcção da Saúde, em colaboração com as repartições municipais, está a estender os serviços de saúde às comunidades, o que contribui para a notificação de mais casos de má nutrição a nível da região”, explicou. />Os municípios de Mbanza Congo e Cuimba são os que registaram o maior número de casos de má nutrição, ao totalizarem 56 e 24 casos, seguindo-se os do Tomboco e Nzeto, com sete e quatro casos, respectivamente.  Para as circunscrições do Nóqui e Soyo, o supervisor disse terem sido notificados, durante o período em análise, dois e um em cada municipalidade.
Entre as razões para esta situação, apontou o desequilíbrio alimentar por parte de algumas famílias, associado ao desmame precoce das crianças, como sendo alguns dos factores que concorrem para o aumento de casos de má nutrição, que atinge principalmente crianças.

Tempo

Multimédia