Províncias

Autoridades sanitárias no Zaire notificam novos casos de Sida

Pelo menos, 86 casos de VIH/Sida, que resultaram em um óbito, foram notificados durante o terceiro trimestre deste ano, pelas autoridades sanitárias da província do Zaire, revelou terça-feira, em Mbanza Congo, fonte sanitária.

Pelo menos, 86 casos de VIH/Sida, que resultaram em um óbito, foram notificados durante o terceiro trimestre deste ano, pelas autoridades sanitárias da província do Zaire, revelou terça-feira, em Mbanza Congo, fonte sanitária.
O responsável do programa de luta contra a Sida, Manuel Kai, disse que, comparativamente a igual período anterior, se registou uma diminuição de 32 casos de VIH/Sida.
Fez saber que, durante o período em análise, foram testados 4.950 indivíduos, nos centros de aconselhamento e testagem voluntária, dos quais 3.014 mulheres grávidas.
Manuel Kai sublinhou que, presentemente, 21 pessoas infectadas, das 59 que estão em acompanhamento em diversas unidades sanitárias da província, beneficiam de assistência médica e de retrovirais. />Quanto ao serviço de prevenção e transmissão vertical, de mãe para o bebé, o responsável disse que, neste período, ocorreram 18 partos normais (sem Sida), dos quais 16 nas unidades sanitárias e dois domiciliários.
Os municípios do Soyo e Mbanza Congo, com 53 e 22 casos de Sida, respectivamente, foram os mais afectados, seguindo-se Nzeto (4), Kuimba (3), Tomboco (3) e Nóqui (1), sendo a faixa etária dos 20 aos 39 anos a mais afectada.
Manuel Kai informou ainda que, no quadro da estratégia para a prevenção desta pandemia, as autoridades sanitárias distribuíram 62.445 preservativos e outros materiais educativos. A província do Zaire dispõe de centros de aconselhamento e testagem voluntária em todos os municípios.

Tempo

Multimédia