Províncias

Carvão produzido à margem da Lei destrói florestas no Zaire

Jaquelino Figueiredo | Soyo

A exploração de carvão nas áreas florestais do Lumueno e Nfinda-Nkunku no município do Soyo, província do Zaire, por cidadãos nacionais e estrangeiros, para fins comerciais, está provocar uma devastação sem precedentes da flora e do habitat de várias espécies animais na região.

Fotografia: EDIÇÕES NOVEMBRO

A situação considerada bastante preocupante pelas autoridades locais, está atingir contornos assustadores, pelo facto de causar desflorestação desmedida das referidas zonas, com consequências incalculáveis ao ambiente e ao próprio homem que a promove.

Tempo

Multimédia