Províncias

Casos de sida aumentam no Zaire

Kayila Silvina | Mbanza Congo

As autoridades sanitárias da província do Zaire notificaram, de Janeiro a Outubro deste ano, 385 novos casos do sida, 16 dos quais resultaram em óbitos, revelou à imprensa o supervisor provincial do Programa de Luta Contra a Sida, Manuel Kai.

Milhares de pessoas marchando numa rua de Luanda em manifestação de apoio ao combate à luta contra a Sida
Fotografia: Dombele Bernardo

As autoridades sanitárias da província do Zaire notificaram, de Janeiro a Outubro deste ano, 385 novos casos do sida, 16 dos quais resultaram em óbitos, revelou à imprensa o supervisor provincial do Programa de Luta Contra a Sida, Manuel Kai.
Esta cifra representa um aumento de 72 casos em relação a todo o ano passado.
Segundo os dados estatísticos, o município do Soyo é o que maior número de casos registou, com 208, seguido de Mbanza Congo, com 105, Kuimba, 24, Tomboco e Nzeto 20 casos cada. O município do Nóqui registou oito casos.
Manuel Kai disse que o diagnóstico dos casos resultou da testagem efectuada a 18.417 pessoas voluntárias, das quais 10.735 são mulheres grávidas e 753 crianças com idades compreendidas entre um e quatro anos.
No período de Janeiro a Outubro deste ano foram realizados 45 partos de mães seropositivas, tendo 14 bebés nascidos livres do vírus da sida.
Presentemente, os Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária (CATV) acompanham 179 portadores do vírus da sida. Além destes, 74 doentes que beneficiam de tratamento com retrovirais estão também sob controlo das autoridades.
O supervisor provincial do Programa de Luta Contra a Sida no Zaire louvou o apoio do Instituto Nacional de Luta contra a Sida (INLS) em meios de transporte, medicamentos e reagentes, para assegurar o funcionamento dos laboratórios.
Manuel Kai disse que este ano foram formados todos os técnicos dos Centros de Aconselhamento e Testagem Voluntária da região e estão já em funcionamento os serviços de corte da transmissão vertical (de mãe grávida para o bebé) nos seis municípios da província, Soyo, Nzeto, Tomboco, Kuimba, Nóqui e Mbanza Congo.
Uma marcha alusiva ao Dia de Mundial de Luta Contra a Sida reuniu na província membros do governo, responsáveis de instituições do Estado e privadas e população em geral.

Tempo

Multimédia