Províncias

Centro oftalmológico realiza várias cirurgias

Kayila Silvina | Mbanza Congo

Um grupo de 96 pessoas com problemas de cataratas nos olhos vai ser operado, entre os dias 20 e 30 de Outubro próximo, no Centro Oftalmológico da Igreja Evangélica Baptista em Angola (IEBA), em Mbanza Congo, província do Zaire, anunciou ontem o director clínico da unidade sanitária.

António Nkuku director do Centro da IEBA
Fotografia: Garcia Mayatoko | Zaire

António Kuanzambi Nkuku disse que, até este momento, o centro de oftalmologia notificou um total de 111 pacientes com problemas de glaucomas, cataratas, reacção alérgica, falta de vitamina A e a automedicação.
O director clínico daquele centro clínico da IEBA apelou a população a evitar práticas que têm a ver com a auto medicação, por constituir um dos principais factores de grandes complicações nos olhos, incluindo a cegueira. “Nem todo o medicamento tradicional ou folhas devem ser aplicados nos olhos, pois podem provocar a cegueira total na pessoa”, alertou António Kuanzambi.
O responsável da unidade sanitária salientou ainda que o centro tem uma parceria com uma instituição homóloga de Benguela, que manda regularmente para o Zaire uma equipa de médicos especializados, composta por cirurgião, anestesista e psicólogo, auxiliados por alguns técnicos de enfermagem locais.
António Kuanzambi fez saber que o centro oftalmologia da IEBA debate-se com problemas ligados à falta de meios de transporte, microscópios, equipamentos para o bloco operatório e produtos para a esterilização do material reutilizável.
Os serviços oftalmológicos prestados pelo centro de Mbanza Congo estão inseridos no Programa da Luta contra a Cegueira em Angola, denominado “Visão 2020”, lançado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Tempo

Multimédia