Províncias

Circulação no troço satisfaz passageiros

A entrada em circulação, desde o mês passado, de três novos autocarros, no troço rodoviário entre os municípios de Mbanza Kongo e Cuimba, na província do Zaire, está a facilitar a circulação de passageiros e de mercadorias entre as duas localidades, separadas por uma distância de cerca de 62 quilómetros.

Fotografia: Jaimagens | Edições Novembro

Passageiros abordados pela agência angolana de notícias, a Angop, manifestaram a sua satisfação pela nova frota de autocarros em circulação no referido itinerário, pelo facto de aumentar a mobilidade e o conforto aos viajantes.
Nsimba Makuntima, passageiro, disse que viajar de autocarro proporciona mais conforto e segurança aos passageiros em relação aos táxis, vulgo candongueiros.
“Viajar de autocarro de Mbanza Kongo ao Cuimba e vice-versa é um mimo, pois além de disporem de ar condicionado possuem também telas. É uma viagem divertida”, referiu.
Pedro José, comerciante, disse que os novos autocarros estão a facilitar a vida das populações, por praticarem preços acessíveis por corrida, em comparação aos taxistas. “Nos autocarros estamos a pagar 1.500 Kwanzas de Cuimba para Mbanza Kongo, menos 500 Kwanzas em relação ao preço praticado pelos taxistas. Isto já facilita muita gente”, disse.
O interlocutor, que faz o percurso Cuimba/Mbanza Kongo/Luvo, considerou ainda que com os novos autocarros o seu negócio tem se tornado mais rentável, a julgar pelos baixos preços que paga na transportação da sua mercadoria.

Tempo

Multimédia