Províncias

Combate à pobreza com bons resultados

Victor Mayala | Nóqui

A vida dos habitantes do Zaire tem melhorado consideravelmente com o surgimento de várias infra-estruturas instaladas no âmbito do Programa de Combate à Pobreza, recordou o governador provincial.

Governador coloca a primeira pedra para a construção de uma central eléctrica no Nóqui
Fotografia: Adolfo Dumbo|Nóqui

O programa, disse, permite melhorar as condições sociais básicas dos habitantes da província, principalmente dos que residem em “zonas longínquas” onde já há vários serviços essenciais, entre os quais escolas, centros e postos de saúde, estradas e habitação social.
Um exemplo desse desenvolvimento, salientou, regista-se em Nóqui, que o governador visitou e que há uns anos era “uma região quase inóspita”, onde era difícil viver por falta de infra-estruturas, o que já não sucede hoje,
Joanes André, nesta primeira visita àquele município como governador, inaugurou algumas infra-estruturas de impacto social, entre as quais uma escola do primeiro ciclo e o comando da Polícia Nacional.
O governador provincial do Zaire visitou as obras de 200 fogos habitacionais que estão a ser construídos na aldeia do Ntongui.
Na mesma aldeia colocou as primeiras pedras para a construção de uma escola com 20 salas e um pavilhão gimnodesportivo e de uma central eléctrica constituída por quatro grupos geradores que juntos tem capacidade de 6.000 KVA.
O governador Joanes André assegurou aos membros do conselho municipal de auscultação e concertação social que alguns dos problemas, principalmente na área da energia e água, são resolvidos em breve, tendo apelado os habitantes para manter a calma .O responsável provincial disse que o problema da água é dos que merece atenção especial. Quanto à energia declarou que a colocação da primeira pedra da construção da central eléctrica é um passo importante para a resolução do problema.

Sector de água

No domínio da Educação, o governador provincial do Zaire salientou que o município do Nóqui e outras localidades da província vão beneficiar nos próximos tempos de várias infra-estruturas escolares. Joanes André referiu que estão a ser construídas, recuperadas e ampliadas muitas escolas nos diversos níveis de escolaridade para permitir aumentar o número de crianças no sistema normal de ensino.
Joanes visitou o posto fronteiriço do Nóqui, onde são realizadas trocas comerciais entre as populações de Angola e do Congo Democrático e entregou computadores aos efectivos dos Serviços de Migração e Estrangeiros e da Polícia de Guarda Fronteira e Alfândega.
O governador apelou os efectivos das referidas instituições para redobrarem a vigilância, no sentidos níveis de violação da fronteira reduzirem de forma significativa.

Tempo

Multimédia