Províncias

Conselho Municipal discute gestão dos espaços públicos

Os membros do conselho municipal de auscultação e concertação da Administração Municipal de Mbanza Kongo, província do Zaire, recomendaram ontem a criação de plano de gestão dos espaços públicos.

Um panorama da cidade de Mbanza Kongo
Fotografia: Edições Novembro

Segundo o comunicado final do evento enviado aos órgãos de comunicação social, os os integrantes do conselho propõem a colocação de iluminação pública nos troços do Antigo Controlo/Bela Vista e Largo dos camponeses/­Escola do IMAG, no quadro das acções do Programa de Investimentos Públicos referente ao ano de 2018.
A criação de programas que envolvam a população no âmbito da administração participativa nos bairros, com maior índice de preocupações sociais, como o 11 de Novembro, 4 de Fevereiro e Álvaro Buta, bem como a reabilitação das vias secundárias e terciárias do município para facilitar a circulação de pessoas e mercadorias, constam igualmente das recomendações saídas deste evento.
Orientada pela administradora municipal de Mban­za Kongo, Nzuzi Makiese, a reunião recomendou igualmente a necessidade de se continuar com a campa­nha do registo de nascimento em toda a extensão do município sede, tendo em conta o índice de processos pendentes.
Integram o conselho municipal de auscultação e concertação social, administradores comunais, comandantes municipais da Polícia Nacional e Protecção Civil e Bombeiros, chefes de repartições municipais e representantes de organizações da sociedade civil.
Com uma extensão territorial de sete mil e 651 quilómetros quadrados, o município de Mbanza Kongo tem uma população calculada em 180 mil e 329 habitantes, distribuídos pelas comunas de Madimba, Luvo, Kalambata, Nkiende, Kaluka e Sede.

Tempo

Multimédia