Províncias

Cooperativas dispõem de meios para escoamento

Kayila Silvina | Mbanza Kongo

As cooperativas agrícolas da aldeia do Zau Evua, comuna do Nquiende, município de Mbanza Kongo, beneficiaram ontem de duas motorizadas de três rodas, vulgo “Cupapatas”, numa doação do Secretariado executivo da Organização da Mulher Angolana (OMA), no Zaire.

Meios vão reforçar produção
Fotografia: Kindala Manuel|Edições Novembro

As camponesas das referidas cooperativas receberam ainda da OMA catanas, enxadas, machados, fertilizantes e sementes, para o fomento da actividade campesina e permitir o escoamento de produtos agrícolas cultivados do campo para a cidade.
As motorizadas foram entregues no âmbito do Programa de Apoio à Mulher Rural, com vista a facilitar o transporte e a comercialização dos produtos cultivados naquela região.
A secretária provincial da OMA, no Zaire, Maria da Encarnação Fernandes, reconheceu o papel desempenhado pelas mulheres nas comunidades rurais na erradicação da fome e da miséria, uma vez que elas dão um grande contributo para o aumento da dieta alimentar das famílias.
As referidas cooperativas e associações agrícolas estão igualmente apostar no cultivo de produtos como mandioca, amendoim, milho, gergelim, batata-doce, feijão, banana e citrinos.
Maria Fernandes exortou as mulheres das cooperativas agrícolas a participarem no combate ao analfabetismo, violência doméstica, das doenças sexualmente transmissíveis, com destaque para a Sida, assim como trabalharem no resgate dos valores morais e cívicos.
A secretária local da OMA fez saber que acções do género estão a ser realizadas em todas as províncias do país, sob orientação do secretariado executivo nacional da organização feminina do MPLA.
Maria Fernandes disse que as atenções do núcleo feminino do partido que governa Angola estão viradas para a mobilização de mais mulheres, para ingresso na OMA.

Tempo

Multimédia