Províncias

Crianças devem ter direitos protegidos

A chefe dos serviços provinciais do Instituto Nacional da Criança (INAC) no Zaire pediu, no município do Soyo, um maior envolvimento da sociedade na protecção dos direitos da criança.

Paula Coutinho destacou, à Angop, a importância da família na educação e formação académica da criança. “A educação da criança começa no seio da família para depois ser complementada na escola, onde ela adquire outras habilidades que lhe garantem um crescimento multifacetado”, asseverou.
A responsável apelou para um combate cerrado às práticas negativas que ainda apoquentam as crianças desta parcela do território nacional, como a fuga à paternidade e a acusação de prática de feitiçaria.
De acordo com o chefe do INAC no Zaire, nesta época do ano a sociedade é chamada a desenvolver acções de solidariedade para com as crianças, para lhes proporcionar um Natal feliz.

Tempo

Multimédia