Províncias

Detidos 290 imigrantes oriundos da RDC

João Mavinga | Mbanza Kongo

Pelo menos 290 imigrantes ilegais, oriundos da República Democrática do Congo (RDC), foram detidos ontem no município do Nzeto. Os estrangeiros entraram no país pela zona fronteiriça do Luvo, situada a 60 quilómetros da sede de Mbanza Kongo.

Fotografia: DR

Já a contas com a Justiça, que cumpre as formalidades para o imediato repatriamento , os imigrantes foram detidos nas localidades das 12 Pontes, Jangada, Kissamba do Povo e nas imediações das bombas de combustíveis da Pumangol, na vila do Nzeto. Todos tinham como finalidade chegar à capital do país.
Em declarações ao Jornal de Angola, o porta - voz da Polícia no Zaire, Luís Bernardo, disse que nos últimos dias a Corporação tem vindo a intensificar as acções de patrulhamento nos principais eixos de concentração de estrangeiros, tidos como tradicionais focos de penetração de imigrantes para a capital do Zaire, Mbanza Kongo.
O também Inspector chefe da Polícia apela à “ colaboração da população” na denúncia de elementos com identidades duvidosas, que circulam nas comunidades e bairros periféricos, “para se evitar a presença massiva de imigrantes na região”.
Na semana passada, a Polícia deteve 40 imigrantes, também no município do Nzeto, que progrediam para Luanda. “ Saíram do município do Soyo e passaram por picadas e matas até que atingiram o Nzeto, com o único propósito de chegar a Luanda, ” explicou Luís Bernardo.

 

 

Tempo

Multimédia