Províncias

Diminuição de casos de malária no Zaire

Entre Janeiro e Junho deste ano, foram notificados no Zaire 43.751 casos de malária, menos cinco mil em relação a igual período de 2009, refere uma fonte sanitária local.

Sensiblização e prevenção ajudam a diminuir os casos de malária
Fotografia: Jornal de Angola

Entre Janeiro e Junho deste ano, foram notificados no Zaire 43.751 casos de malária, menos cinco mil em relação a igual período de 2009, refere uma fonte sanitária local.
O supervisor provincial de controlo da malária, Afonso Diabanza, disse na quarta-feira à Angop que se registaram 200 óbitos em consequência desta doença, na sua maioria de crianças menores de cinco anos de idade, mais três do que em igual período do ano passado.
Para o responsável da saúde, as campanhas de luta anti-vectorial com bio-larvicidas, que decorrem em três dos seis municípios da região (Mbanza Congo, Cuimba e Nzeto), permitiram a diminuição da doença.
O município de Mbanza Congo foi o mais afectado, com  15.570 casos, seguindo-se o Soyo (13.208), Nzeto (5.724), Cuimba (3.463 casos), Tomboco (3.058) e Nóqui (2.728). Um total de 23.200 mosquiteiros impregnados com insecticida de longa duração doados pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) serão brevemente distribuídos em cinco circunscrições, menos no município do Nóqui. As mulheres grávidas e crianças menores de cinco anos são os grupos que vão receber os referidos mosquiteiros.

Tempo

Multimédia