Províncias

Director provincial critica pescadores

O director provincial do Zaire do Instituto de Pesca Artesanal (IPA) e Aquicultura manifestou-se, na segunda-feira, no Soyo, insatisfeito com os pescadores, acusando-os de incapacidade de gestão das embarcações, distribuídas pelo Governo em 2009 e este ano.

O director provincial do Zaire do Instituto de Pesca Artesanal (IPA) e Aquicultura manifestou-se, na segunda-feira, no Soyo, insatisfeito com os pescadores, acusando-os de incapacidade de gestão das embarcações, distribuídas pelo Governo em 2009 e este ano.
Álvaro Maria Jorge, que falava aos jornalistas, lamentou que das 32 embarcações distribuídas a 52 cooperativas apenas 13 estejam em "pleno funcionamento".
Apesar disso, referiu, o programa de pesca artesanal e continental no Zaire continua conforme foi elaborado pelo Executivo, no intuito de combater a fome e reduzir a pobreza.
O IPA distribuiu, este ano, outras 92 chatas (com arte, bóias, equipamento de orientação, entre outros), que desenvolvem a pesca continental em rios e lagoas das regiões de Kuimba, Mbanza Kongo, Nzau Évua, Madimba, Nóqui, Tomboco, Nzeto e Soyo.
O fomento da pesca artesanal e continental nestas regiões, sublinhou, inclui o programa, em marcha, da criação da aquicultura (produção de organismos aquáticos) e o assoreamento dos rios e lagoas previamente seleccionados.

Tempo

Multimédia