Províncias

Distribuição de merenda escolar em todos os municípios do Zaire

Kayila Silvina | Tomboco

O programa de merenda escolar em curso no país, desde 2009, vai abranger os demais municípios da província o Zaire, durante este ano lectivo, anunciou, segunda-feira, o governador Pedro Sebastião.

Programa de merenda escolar visa combater o absentismo e melhorar o aproveitamento
Fotografia: Adolfo Dumbo

O programa de merenda escolar em curso no país, desde 2009, vai abranger os demais municípios da província o Zaire, durante este ano lectivo, anunciou, segunda-feira, o governador Pedro Sebastião.
De acordo com o governador do Zaire, que falava no acto provincial de abertura do ano lectivo, no município de Tomboco, estão já criadas todas as condições para a extensão do referido programa que, nos anos anteriores, contemplava apenas a capital provincial, Mbanza Congo, para os outros cinco municípios da região, Soyo, Nzeto, Tomboco, Nóqui e Kuimba.
“Há crianças que vão à escola sem tomar o pequeno-almoço e isto dificulta a aprendizagem. Mas agora, as direcções das escolas, em toda a província, passam a distribuir diariamente a merenda às crianças matriculadas”, disse.
À margem do acto de abertura do ano lectivo, o governador Pedro Sebastião inaugurou, no bairro Bengo, na vila de Tomboco, uma escola de três salas, com capacidade de albergar 450 alunos, distribuídos nos três turnos. O empreendimento, construído no âmbito do programa de intervenção municipal, possui uma área administrativa ampla.
O governador aconselhou as autoridades tradicionais e a população em geral a velarem pela conservação dos bens públicos, como escolas, hospitais, fontanários, que o governo coloca à sua disposição, na medida em que custam avultados valores monetários e não só.
Todos os membros da sociedade devem ser fiscalizadores do Estado, disse Pedro Sebastião, para quem é preciso que se denuncie os actos de vandalismo contra os bens públicos.  O responsável exortou os pais e encarregados de educação, no sentido de jogarem um papel importante na formação dos educandos, através de um acompanhamento durante o ano lectivo.
Para ele, a escola é a continuação da educação que os pais foram capazes de transmitir aos filhos em casa. Por isso, como disse, os encarregados devem acompanhar os seus educandos para que não fiquem surpreendidos no fim de ano, se eles não obtiverem os resultados esperados. No município de Tomboco, o governador provincial entregou prémios aos professores mais destacados no exercício das suas actividades em 2010. Motorizadas, televisores, aparelhagens de música e utensílios de cozinha foram os bens entregues.
Pedro Sebastião reconheceu as dificuldades em que ainda vive o sector da Educação na região, tendo assegurado que o seu Governo vai continuar a desenvolver esforços no sentido de resolvê-los paulatinamente.

Tempo

Multimédia