Províncias

Empresa petrolífera doa equipamentos

Jaquelino Figueiredo | Soyo

A empresa americana General Electric Oil & Gás entregou ontem um donativo, composto por equipamentos informáticos, didácticos e material de soldadura ao centro integrado de emprego e formação profissional do município do Soyo, província do Zaire.

Novos equipamentos doados por petrolífera norte-americana ajudam a dar outra qualidade à formação profissional de jovens do Soyo
Fotografia: DR

A referida doação, entregue por intermédio da ONG Africare, avaliada em cerca de seis milhões de kwanzas, enquadra-se na parceria que a General Electric Oil & Gás mantém com o Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social (MAPTSS).
Os equipamentos vão beneficiar 400 formandos matriculados naquele estabelecimento e ajudá-los a desenvolverem aptidões em áreas relevantes da indústria petrolífera.
A doação, que inclui 11 computadores, igual número de impressoras digitais e outros assessores informáticos, botijas de gás para soldadura, serve ainda para o desenvolvimento de competências para a próxima geração de técnicos no Soyo, no quadro do compromisso da General Electric em investir na indústria petrolífera.
A directora dos recursos humanos da General Electric, Nitika Rosa, disse que a empresa está a fazer tais investimentos no âmbito do compromisso que tem para, num futuro breve, instalar uma unidade industrial no ramo dos petróleos, no Soyo.
O director do centro de formação profissional do Soyo, Ferreira José, mostrou-se satisfeito com a doação da empresa americana, considerando que a mesma vai ajudar em grande medida a formação dos jovens da região.
O responsável espera que a parceria continue para que mais jovens possam beneficiar de tais oportunidades de formação profissional com qualidade e ajudem no desenvolvimento do país.
Ferreira José, além disso, solicitou ainda à General Electric, no âmbito da parceria existente, a garantia de postos de trabalho para os formados que se destacarem nas áreas de formação de seu interesse, uma vez que pretende implantar uma fábrica ligada ao ramo dos petróleos na região.
O chefe de repartição municipal da Educação do Soyo, António José Pemba, qualificou a referida doação de bastante importante, tendo ressaltado que parcerias do género produzem efeitos positivos, sobretudo na consolidação do ensino e da aprendizagem. “É bem vinda esta prática, pelo que desejamos que mais empresas sigam o mesmo exemplo da GE, por estar a ajudar a formar a nossa força de trabalho qualificada, que vai participar no desenvolvimento das suas empresas e do município”, acrescentou o responsável.
O centro integrado de emprego e formação profissional do Soyo forma técnicos nas áreas de hidráulica, informática, soldadura, serralharia, frio e climatização, electricidade industrial e predial, mecânica e manutenção e prevenção.

Tempo

Multimédia