Províncias

Encontro discute desenvolvimento urbano

Vítor Mayala |Mbanza Congo

O desenvolvimento urbano integrado e participativo foi tema de uma palestra que reuniu, sábado, elementos do governo provincial do Zaire, funcionários públicos, representantes de distintas organizações da sociedade civil e autoridades tradicionais.

O desenvolvimento urbano integrado e participativo foi tema de uma palestra que reuniu, sábado, elementos do governo provincial do Zaire, funcionários públicos, representantes de distintas organizações da sociedade civil e autoridades tradicionais.
A palestra, organizada no quadro dos 505 anos da cidade de Mbanza Congo, que ocorre amanhã, sob o lema “com unidade e trabalho construamos o futuro”, abordou, entre outras, questões ligadas à gestão e estruturação urbanística e o seu impacto ambiental.
Manuel Malufuene, o orador, que é arquitecto, frisou que o país tem falta de uma estrutura urbana organizada das cidades.
“Se quisermos qualidade de vida, temos de ter, no espaço urbano, um conjunto de infra-estruturas devidamente organizadas, com estradas e outros serviços indispensáveis”, disse, acrescentando que “o crescimento das cidades está intrinsecamente ligado aos vários tipos de desenvolvimentos”, que devem ser tidos em conta na gestão urbana, entre os quais, o turístico. À margem do encontro, a que assistiu o governador provincial do Zaire, Pedro Sebastião, tomaram posse os corpos gerentes da direcção da Associação dos Naturais e Amigos do Zaire (ANAZA).
A assembleia-geral é presidida por Moisés Longui, que tem como vice-presidente, Pedro Katendi e secretario, Nicolau Paulo.
A Associação dos Naturais e Amigos do Zaire pretende ajudar o governo provincial na resolução de vários assuntos, para melhorar o nível de vida da população.

Tempo

Multimédia