Províncias

Escola Superior Politécnica instala laboratórios e Internet

Kaila Silvina | Mbanza Congo

A abertura dos laboratórios de química e física e a instalação da rede de Internet na Escola Superior Politécnica de Mbanza Congo estão entre as prioridades da nova direcção da instituição, empossada a semana passada pelo reitor da Universidade 11 de Novembro.

Reitor da Escola Superior Kianvu Tamo
Fotografia: Jornal de Angola

A abertura dos laboratórios de química e física e a instalação da rede de Internet na Escola Superior Politécnica de Mbanza Congo estão entre as prioridades da nova direcção da instituição, empossada a semana passada pelo reitor da Universidade 11 de Novembro.
Kianvu Tamo disse ser importante que os laboratórios a rede de Internet entrem em funcionamento, tendo em conta que já existem os respectivos equipamentos.
Por outro lado, anunciou que o quadro docente vai ser reforçado com mais três professores para leccionarem as cadeiras de Física, Química e Psicologia. Kianvu Tamo adiantou que as 10 residências construídas pelo Governo Provincial para acomodar 30 professores expatriados, vão ser entregues à escola ainda este ano.  “Espero que a nova direcção facilite a articulação entre as duas escolas superiores da província, a do Soyo e M­banza Congo, para permitir um rápido desenvolvimento intelectual e científico dos estudantes”, disse. O reitor da Universidade 11 de Novembro enalteceu o apoio do Governo do Zaire, da empresa petrolífera Angola LNG e da Chevron às escolas politécnicas da província, nomeadamente na construção de infra-estruturas, acomodação dos professores expatriados e oferta de material didáctico.

Tempo

Multimédia