Províncias

Famílias carentes receberam apoios

Jaquelino Figueiredo | Soyo

Bens diversos de primeira necessidade foram ontem entregues a famílias desfavorecidas da cidade do Soyo, província do Zaire, num gesto da Associação Jovens Solidários “Assolongo mu Ntoto wa Nvimba”.

O presidente da referida associação filantrópica, José Marta João, disse que a acção visou proporcionar momentos diferentes a famílias carenciadas da cidade do Soyo, incluindo uma senhora sem abrigo, que foi abandonada pelo marido.
 ”O objectivo da associação é apenas ajudar quem não tem nada e que precisa de uma mão caridosa, por isso é que estamos aqui com o pouco que conseguimos”, disse.
Maria Maiyunga, irmã da Isabel Maiyunga, adoentada há mais de 20 anos, agradeceu o  gesto da associação, por  ter sido pela primeira vez que foi brindada com bens que, segundo ela, vão ajudar a suprir parte das necessidades básicas durante um período.
“Agradeço à mão caridosa dos Jovens Solidários por terem nos proporcionado com uma cesta básica. Desde que a minha irmã caiu doente, nunca recebemos apoio”,  precisou.
Isabel Maiyunga 46 anos, que foi abandonada pelo marido, manifestou gratidão pelo gesto de solidariedade da associação Jovens Solidários e espera que Deus ilumine o caminho destes jovens para que possam também dar apoio a outras pessoas carenciadas.
 “No passado, vivia numa casa de aluguer com o meu marido, mas, por divergências, abandonou-me e, meses depois, caí doente e não conseguia mais pagar a renda. Fui expulsa pelo senhorio. Desde então, tenho estado a lutar para ver se consigo ir para minha terra natal, no Sumba, mas não tenho dinheiro para pagar o frete”, explicou Isabel Maiyunga com lágrimas no canto do olho.

Tempo

Multimédia